Tem Gente

Se você é uma pessoa antiga na rede mundial de computadores, deve saber aonde está, ou não sabe porque está senil, confusa(o) ou não acredita que o velho site Banheiro Feminino criado em 1996 ainda existe.

Na verdade ele não existe, isto aqui são os restos mortais daquele que já foi exuberante, preconceituoso, incorreto e que por tudo isso, antes do mundo ficar vigiado e comentado, deu um bom dinheiro à dona que comprou um bangalô na mata e nunca mais voltou.

Lembra do “Casamento no Banheiro”? Primeiro canal de namoro na internet. Nele você disse até onde apertava a pasta de dentes e por isso, algumas pessoas nos anos 90 e começo de 2000 casaram, aqui mesmo neste Banheiro Feminino.

Lembra do “Tio da Limpeza”? da “Sábia Mahara”? Estão cumprindo pena no complexo penitenciário de Bangu por injúria, difamação e atentado ao pudor.

E aqui estamos todas na menopausa.