spot_img

Veja também

Como terminar, mesmo amando a outra pessoa

A separação apesar do amor parece impossível à primeira vista. Por que os casais devem se separar quando ambos se amam?

Amar um ao outro é o sonho de todo casal e então deveríamos simplesmente terminar assim, sério?

Uma separação apesar do amor pode ter diferentes motivos para a separação , que nem todos precisam entender, mas todos podem tomar essa decisão por si próprios.

Essa separação é a mais difícil, precisamente porque você ainda ama seu parceiro.

Apenas os mais corajosos de nós ousam dar o passo e traçar a linha decisiva.

Juntos, chegaremos ao fundo dos problemas de relacionamento que podem levar ao rompimento, apesar do amor.

Quando vale a pena dar ao parceiro uma segunda chance e quando é melhor buscar a felicidade em outro lugar?

Separação apesar do amor, se o fim for a coisa certa a fazer!

O amor pode muitas vezes nos dar dores de cabeça desnecessárias e prejudicar nossa capacidade de percepção, mas todos nós queremos nos apaixonar o mais rápido possível, encontrar nossa alma gêmea e ter uma parceria feliz .

Mas o que você faz quando o amor não se desenvolve da maneira que imaginávamos?

Você deveria simplesmente jogar tudo no mar e deixar o campo de batalha sem lutar? Em algumas situações, essa é a única coisa certa a fazer.

Às vezes, essa situação de não luta pode levar você à paz de espírito; você apenas tem que ousar dar o passo.

Estas pistas podem abrir os olhos e incentivá-lo a parte maneiras com o seu parceiro .

1. Caso

Um caso é tal coisa em si que nem todos interpretam da mesma forma. Para alguns, é uma coisa única e fácil de esquecer, para outros é um pecado mortal.

Mas um caso leva a dúvidas em um relacionamento.

Quem comete o caso e contribui para tal situação de separação leva ao fato de que a relação amorosa se desfaz.

Dois cenários são possíveis, ou seu parceiro vai ou você trapaceia. Nem pior nem mais inofensivo. O que pode acontecer?

Se seu parceiro está traindo, você pode descobrir por acidente ou ele vai confessar a você. Aconteça o que acontecer, você vai se sentir mal.
A saudade se torna vida cotidiana porque você vai buscar o motivo.

No começo você pensará que fez algo errado e se tivesse tentado com mais afinco também poderia ter evitado.

Esses pensamentos vão mantê-lo acordado a noite toda.

E de repente, uma manhã, você percebe que ele é o problema, que você já deu o seu melhor, mas que ele nunca apreciou isso.

Pior de tudo, você nem percebe que ele está arrependido de ficar com ele, ele acha que o problema desapareceu no ar.

Agora é a hora de se fazer uma pergunta importante: você realmente quer ter um relacionamento em que seu parceiro atropele seus sentimentos?

Se ele te traiu uma vez e nem se arrependeu, fará de novo.

Você realmente quer passar a vida inteira com medo de que ele repita o erro?

Com a traição , a confiança desaparece e, onde não há confiança, não se deve ter um relacionamento.

Você merece algo melhor! Pense em tudo o que você fez por ele e lembre-se do que você merece.

Mas e se você se enganar?

Seu parceiro pode passar por isso e então ele vai te culpar por toda a sua vida, você vai se sentir mal.

Durante cada discussão, este tópico surgirá novamente, irá frustrá-lo porque não há nada que você possa fazer a respeito.

Se ele não descobrir, você pode estar se sentindo culpado por isso.

Você sentirá a necessidade de confessar tudo, mas ainda terá medo de que ele não o perdoe pelo caso.

Cada lindo momento de seu relacionamento amoroso será destruído por causa da traição. Depois de um incidente como esse, raramente é possível restaurar o relacionamento ao que era antes.

Você não pode viver com culpa por toda a sua vida. Em tal situação, a separação é o melhor remédio.

2. Quebra de confiança

Quando você ouve uma quebra de confiança, automaticamente pensa em trapacear, mas nem sempre precisa ser assim. A quebra de confiança pode ter vários motivos e se a confiança for perdida em uma parceria feliz, o fim do relacionamento é muito próximo.

As mentiras do dia-a-dia podem levar a uma quebra de confiança quando você liga de casa para o seu parceiro e ele não atende o celular.

Ele manda uma mensagem dizendo que tem que fazer hora extra e depois de alguns dias ele fofoca e conta como ele estava bebendo com os meninos.

Também pode ser o financeiro, que ele tenha uma conta secreta e que você encontre um extrato. Você começa a navegar e descobre.

Isso pode ser muito doloroso porque você acha que ele quer construir uma vida sem você.

Você começa a se perguntar o que mais ele está escondendo de você, questiona tudo o que ele diz e percebe que ele está mentindo repetidamente para você sobre coisas desnecessárias.

Sempre que ele não tem vontade de fazer algo com você, ele se refugia em suas mentiras e precisa fazer algo com urgência.

Aí você deve puxar o freio de mão e enfrentá-lo, se vir que ele não quer mudar seu comportamento, deve interromper.

A confiança é a base de qualquer relacionamento e, se a base estiver errada, você não deve confiar nela.

3. Vários planos futuros

Você sempre quer fazer planos para o futuro junto com seu parceiro. Olhando para o futuro juntos e tendo um objetivo comum.

No entanto, é cada vez mais comum que os parceiros se distanciem com o tempo e tenham ideias diferentes sobre o futuro.

Pode ser que você seja mais ambicioso do que seu parceiro e que todo o relacionamento se torne um fardo para você.

Você não pode desenvolver totalmente suas capacidades porque ele não é um suporte para você, embora você o ame, isso não pode funcionar.

Ele sempre o afastará de seus objetivos porque não consegue acompanhar seu ritmo, está satisfeito com o que tem, mas você continua com vontade de se lançar a novos desafios.

Em tal relacionamento, dois mundos diferentes colidem.

Você vai continuar tentando fazê-lo andar e ele vai tentar fazer você descer uma marcha, então vocês conversam entre si e isso sempre leva a uma discussão.

A frase que os opostos se atraem nem sempre é correta , às vezes pode simplesmente sair pela culatra.

4. Desejo unilateral de ter filhos

O tema das crianças é sempre muito sensível e você deve sempre prestar atenção ao tipo de opinião que deseja expressar.

Se você estiver em uma parceria na qual há apenas um desejo unilateral de ter filhos, deve puxar o freio de mão com antecedência.

O que quero dizer com isso? Não estou falando sobre o fato de que alguém não pode ter filhos ou quando uma mulher não pode ter filhos, mas do fato de que alguém simplesmente não deseja filhos.

Se ele tiver formação médica, você deve ser capaz de falar abertamente sobre isso com seu parceiro.

Se o desejo estiver presente, sempre será possível encontrar uma solução, como adoção ou até mesmo uma mãe de aluguel.

Mas sempre certifique-se de que você não tenha dúvidas, você tem que estar 100% pronto para essa etapa.

Se tudo está correto do ponto de vista médico, mas o parceiro decidiu não ter filhos, é melhor terminar a tempo, porque o desejo de ter filhos não é algo que simplesmente se desvanecerá no ar, permanecerá para sempre .

Se uma parte quer filhos, o desejo ficará lá para sempre. Mais cedo ou mais tarde, você pode culpar seu parceiro por não ter filhos.

Ninguém precisa de tais acusações porque ninguém foi forçado a permanecer em tal relacionamento.

Cada um deve tomar a decisão por si mesmo e colocar os desejos de sua vida em primeiro plano.

Para a maioria das pessoas, os filhos são o presente mais bonito que se pode obter na vida e nenhum amor no mundo deveria ser vivido sem eles.

5. Relacionamentos de longa distância

Nem todo relacionamento à distância precisa estar condenado, mas você também precisa de nervos muito fortes e de muita paciência para mantê-lo.

Se o parceiro mora longe e você consegue vê-lo a cada poucas semanas ou meses, isso pode se tornar uma provação para o relacionamento.

Em primeiro lugar, tudo começa a incomodá-lo, a retirada do amor pode facilmente afetar seus nervos e você se torna bastante sensível.

Seu parceiro se torna um bode expiatório, mas isso também tem seus limites, as brigas são inevitáveis.

Você acha que ele não o entende e que não tem por você os mesmos sentimentos que você sente por ele.

Cada dia que vocês estão separados se torna uma luta. Você está procurando uma solução, mas nenhum de vocês quer mudar de residência.

E se isso for um erro e seu relacionamento terminar?

E se você mudou de emprego e foi morar com ele e então percebe que ele não é o homem certo. Todos esses são pensamentos que o preocupam.

Mas quando você tem tantas dúvidas sobre a longevidade do relacionamento, você não o ama de todo o coração.

O amor verdadeiro não conhece medos e vocês se precipitarão em direção ao futuro juntos.

Você não deve se enganar e desistir , porque no final só pode haver corações partidos.

Qualquer rompimento pode nos dar dor de estômago, especialmente quando tentamos romper com alguém que amamos. Quando se trata de uma separação apesar do amor, é a cabeça e não o coração que decide.

Esta é uma decisão racional que você precisa pensar cuidadosamente.

Pode levar dias, semanas e meses antes que você encontre coragem para finalmente traçar os limites e começar uma nova vida.

Não se deixe enganar pelas emoções, porque você tem que cuidar de si e da sua alma.

Você definitivamente não quer acabar sendo a mulher ferida e abandonada que desperdiçou metade de sua vida em um relacionamento falso. Mesmo que os sentimentos ainda estejam envolvidos, você aprenderá a viver sem eles. O certo encontrará o caminho até você. 😉

Você sabe, é sabido que o tempo cura todas as feridas, se o tempo não cicatriza, então um flerte quente também pode ajudar. 😀

Latest Posts

spot_imgspot_img

Don't Miss

Stay in touch

To be updated with all the latest news, offers and special announcements.